Beneficiárias de isenção investirão R$ 1,4 bilhão

Imprimir   |   Enviar por e-mail

Cinco grandes empresas receberão incentivos fiscais da Prefeitura para reforma, modernização do parque fabril, construção, ampliação, adequação e desenvolvimento da indústria 4.0 e programam investir R$ 1,43 bilhão em Campinas nos próximos cinco anos. O investimento deve gerar 6,6 mil novos empregos, dos quais 2,7 mil diretos. Elas serão beneficiadas pela recente lei de incentivo municipal a empresas de todos os setores instaladas nos últimos quatro anos e que vierem a se instalar, em especial, as que atuam na área de energia renovável.
O incentivo fiscal foi aprovado em 2019 para a Rede D´Or São Luiz, Hospital Care, Robert Bosch, BYD do Brasil e BYD Energy do Brasil, que serão beneficiadas com isenção de taxas e de IPTU, redução de alíquota de ISS por dez anos.
A Rede D´Or vai construir um hospital e maternidade na área da antiga Rodoviária, no Botafogo. A licença ambiental para a obra foi liberada pela Prefeitura no início do mês. O projeto prevê 430 leitos, 120 de UTI e dez salas de cirurgia, com previsão de geração de quatro mil empregos. A Prefeitura não divulga o valor do investimento, mas quando o projeto foi anunciado, em 2016, a rede estimou aportes de R$ 314 milhões na construção do hospital.
A Hospital Care, holding administradora de hospitais que em Campinas gere o Hospital Vera Cruz, Casa de Saúde, além de cinco centros médicos, um laboratório de medicina diagnóstica e uma operadora de saúde própria – prevê investimentos de no mínimo R$ 200 milhões para a cidade nos próximos anos. Os valores incluem projetos já em andamento e há outros, informou, em análise. O projeto de expansão dos serviços conta ainda com a construção de um centro integrado de oncologia e da instalação de diversas novas clínicas de especialidades distribuídas por todas as regiões de Campinas.
A Bosch informou que seus investimentos nos próximos anos serão direcionados em modernização de produção, pesquisa e desenvolvimento, entre outros que fazem parte da estratégia dos negócios. A empresa não informou de quanto será o investimento.
A chinesa BYD do Brasil planeja iniciar a fabricação de caminhões elétricos no final de 2020 em Campinas. No ano passado, a Companhia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) emitiu a licença ambiental de operação para que a empresa, que já produz painéis solares e ônibus elétricos, possa iniciar a nova linha de produção. Além dos caminhões, a BYD também planeja iniciar a fabricação de ônibus elétricos articulados, para atender a demanda crescente das cidades que estão implantando sistemas BRTs no transporte coletivo. Os investimentos – os valores não foram divulgados – incluem também a ampliação da produção de painéis solares.
Prefeitura vai abrir mão de receita de R$ 1,8 milhão
A Prefeitura abrirá mão de uma receita de R$ 1,8 milhão este ano com a concessão de incentivo fiscal para empresas já instaladas que investirem acima de R$ 101,7 milhões em 36 meses, e as novas que investirem acima de R$ 203,4 milhões no período de 48 meses e para as que atuam na área de energia renovável. Os incentivos visam atrair grandes investimentos na cidade e criar um parque industrial voltado ao mercado de energias renováveis, como fabricantes de veículos elétricos e painéis fotovoltaicos.
A estimativa, segundo o orçamento municipal, é que a renúncia fiscal será de R$ 1,9 milhão em 2021 e R$ 2 milhões em 2022, valores que podem ser alterados à medida que os investimentos ocorrerem. A perda de receita com o incentivo será compensada com o incremento da arrecadação do ISS implementado por mudanças que ocorreram na legislação.
As empresas enquadradas nas regras previstas na lei terão, por dez anos, isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de taxas, emolumentos e preços públicos, e redução da alíquota do Imposto Sobre Serviço (ISS) para 2% sobre serviços prestados pelas empresas, e sobre os tomados de construção civil no imóvel onde será implantado o empreendimento.


http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css