Campinas recebe laboratório de semicondutores

Imprimir   |   Enviar por e-mail

A criação de um ecossistema que permita ter uma cadeia de produção de semicondutores é fundamental para colocar o Brasil no grupo dos países que desenvolvem desde o projeto até o produto final de microprocessadores e módulos memoriais. Para reforçar o papel estratégico de Campinas como uma região de indução de tecnologia no País, o Instituto Eldorado e a empresa de chips Smart Modular Technologies, de Atibaia, inauguraram ontem o laboratório de prototipagem de semicondutores, em Campinas. O empreendimento vai consumir R$ 50 milhões (US$ 15,4 milhões) em investimentos.

O laboratório tem 350 metros quadrados de área e é um dos mais modernos para a execução de prototipagem. Como são necessários ambientes que evitem a contaminação dos produtos por partículas presentes no ar, o local tem salas limpas classe 100, classe 1.000 e classe 10.000. A parceria vai resultar no desenvolvimento de produtos para a Smart, mas também deve proporcionar a criação de materiais para outros segmentos como a área médica.

O executivo de Tecnologia de Produtos do Instituto Eldorado, José Eduardo Bertuzzo, afirmou que a instituição desenvolve hoje chips, desde a concepção da tecnologia até a fase de projeto para a fabricação, mas faltava um laboratório para a prototipagem. “Nós tínhamos que enviar os projetos para parceiros realizarem análise, validação e fase de empacotamento. Agora teremos capacidade para fazer desde a concepção da tecnologia até o modelo que será produzido na fábrica”, disse.

Ele comentou que a instalação do laboratório reforça a posição estratégica de Campinas como uma região de criação de um ecossistema de geração de tecnologia de semicondutores. “Temos em Campinas e região uma expertise que nos credencia a criar um ecossistema para o desenvolvimento desde projetos até o produto final. A Smart é uma fabricante de chips que comercializa os produtos para empresas de smartphones, computadores e tablets”, detalhou. 



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css