--> Portal da Cultura na Região Metropolitana de Campinas - RMC
Início

 

 

Em clima de amor e Copa PDF Imprimir E-mail
Correio Popular  -  Ter, 12 de Junho de 2018

O Museu Casa de Vidro, no Lago do Café, está com uma programação especial para este Dia dos Namorados. O espaço recebe a partir de hoje três exposições distintas. A proximidade do campeonato mundial, que coloca a bola no centro das atenções, motivou a mostra Campinas de Olho na Copa, uma realização conjunta das secretarias de Cultura, Esportes e Lazer e de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo. Em outra sala, ocorre a abertura da mostra KFÉ, do artista visual e publicitário Renato Stegun. A terceira exposição, Corpus São, é uma coletiva de cinco artistas plásticos, com curadoria de Fabiano Carriero.
De acordo com o secretário de Esportes, Dario Saadi, a exposição Campinas de Olho na Copa é dividida em três blocos. “O primeiro traz fotos do acervo do Museu do Esporte, de jogadores de Campinas que participaram da seleção brasileira. O segundo tem imagens de dentro da Copa do Mundo do Brasil, em 2014. E, por fim, o terceiro módulo apresenta registros da chegada das delegações estrangeiras no Aeroporto de Viracopos”, informa.
“O objetivo é apresentar a participação da cidade na última Copa do Mundo pelos registros realizados, das reformas dos estádios da Ponte Preta e Guarani, da torcida campineira e dos lances do futebol espetáculo dentro do campo”, reforça a gestora da Casa de Vidro, Adriana Barão. No total, a montagem reúne 40 imagens com reproduções do acervo fotográfico do Museu do Esporte e trabalhos do fotógrafo Edis Cruz e do fotojornalista Rodrigo Villalba.
A chegada das delegações em Viracopos, os craques de forma despojada fora do campo, os campineiros que participaram do campeonato, as camisetas autografadas pelas seleções da Nigéria e Portugal, os lances dos jogos e as expressões das torcidas estão entre as imagens expostas. A exposição traz ainda a exibição de vídeos históricos das copas e uma área interativa com “jogos da memória” para que o público possa testar seus conhecimentos. Haverá ainda um ponto de troca de figurinhas do álbum da Copa do Mundo 2018, aos sábados, das 9h às 13h. Na abertura, praça gastronômica com Food Trucks vai funcionar no local.
 
Experimentações
Na exposição KFÉ, Renato Stegun apresenta ao público a série que conta com 17 obras em técnica mista sobre tela e papel inéditas, trabalhos produzidos entre 2017 e 2018. No final do ano passado, Stegun recebeu convite para uma residência artística no Ateliê Folha, em Campinas. Desde então, transferiu seu ateliê para lá e começou a produção em busca de novas experimentações dentro de seu trabalho de pintura.
Aos poucos a série KFÉ surgiu com forma e conteúdos um pouco diferentes do que vinha produzindo até então. “A base do trabalho continua a busca pelo autoconhecimento e, ao mesmo tempo, procuro explorar soluções para provocar no público o olhar mais introspectivo”, conta Stegun.
“KFÉ é substantivo feminino que dispensa artigo e brinca com as palavras de um mundo capaz de crer, gestar, gerar, abrir-se, conectar-se, sangrar, conceber, extrair beleza até do sofrimento”, esclarece o artista. A mostra revela o amadurecimento de Renato Stegun diante de sua exponencial contemplação ao universo feminino, que lhe é tão caro, pleno de fé, variando da introspecção abissal à abertura extrema a outros planos”, aponta a produtora artística Ligia Testa.
“A série KFÉ apresenta um conjunto de composições gráficas que representam, sob meu ponto de vista, a conexão entre os planos físico e não físico, racional e intuitivo”, avalia Stegun, citando que os planos não se colocam de forma explícita nas imagens, mas brincam com símbolos.
 
Coletiva
Na coletiva Corpos São, com obras de Seu Constante, Fabio Barella, Nelson Ribeiro, Fabiano Carriero e Junior Lopes, os artistas questionam a comunicação corporal. “Você já notou como um corpo fala pelo seu movimento ou da sua vontade de libertar-se? Como um corpo responde”, diz Carriero. Segundo o curador, a mostra exibe técnicas e peculiaridades distintas a respeito do tema, que vão de pinturas em suportes diferentes, fotografia e retratos em retalhos. “A ideia é mostrar que o conjunto dessa exposição traz à tona a inquietude de cada corpo/artista explorando a pergunta o que corpos são: movimento? Revolta? Liberdade? Mas abrindo um parêntese ‘mente sã, corpo são’”, resume Carriero.
 
Agende-se
O quê: Exposições Campinas de Olho na Copa (fotográfica); KFÉ, de Renato Stegun; e coletiva Corpos São
Quando: Abertura hoje, às 19h. Até 15/7, de terça a sexta, das 10h às 16h; sábado, das 9h às 13h
Onde: Casa de Vidro do Lago do Café (Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145, Taquaral)
Quanto: Entrada franca
Obs: Agendamento de grupos para De Olho na Copa pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 

 

AGEMCAMP - Agência Metropolitana de Campinas
Av. Brasil, 2340 - 3º andar do Edifício 1 - Bloco A - Conj. CATI
Bairro Jd. Chapadão - Campinas - SP - CEP 13070-178
Tel: (19) 3211-5600
E-mail:
 

Acesse:

Portal Agemcamp
Invista na Região Metropolitana de Campinas
Portal de Turismo de Negócios e Eventos da RMC
Observatório Metropolitano - Indicadores da RMC