DAE usa tecnologia para reduzir a perda de água

Imprimir   |   Enviar por e-mail

O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana espera reduzir em até 7,2% o índice de perdas na distribuição de água em 2020 – que hoje está na casa dos 44%. A meta está prevista em um contrato firmado este ano com a empresa Itron Soluções para Energia e Água, que forneceu novos hidrômetros e softwares para a autarquia. Com a tecnologia, é possível identificar e consertar vazamentos com mais rapidez.

O departamento vai utilizar a plataforma de gerenciamento de operações de água da Itron para armazenar dados com segurança e otimizar as operações com a funcionalidade de mapeamento. Para reduzir as perdas de água não faturadas, a empresa administrará as perdas aparentes e reais com a plataforma, que usa algoritmos e painéis inovadores para evitá-las.

O acordo prevê um investimento de R$ 1,2 milhão (US$ 292,7 mil). A primeira etapa de implantação do projeto já começou. Os primeiros bairros atendidos – Jardim Boer I e II, Jardim Bertone e Nova Esperança – estão entre os líderes em ocorrências desse tipo. “Algumas regiões apresentam valores mais altos em função das características das redes, do solo e até da geografia, por isso os trabalhos são complexos e envolvem não só as pesquisas e o levantamento, mas também a substituição de redes e registros até instalação de VRP’s (Válvulas Reguladoras de Pressão)”, informou, em nota, a assessoria de imprensa do DAE.

Em um plano plurianual, a autarquia estabeleceu como meta a em pelo menos 20 pontos percentuais do seu índice de perdas, que hoje é de 44%. O DAE de Americana é Responsável por 80.000 ligações de água e esgoto. Outra ação no combate às perdas de água é a substituição de redes antigas de abastecimento – feitas de ferro fundido por materiais como o PVC, que tem maior durabilidade. Esse trabalho já foi executado em regiões como a Central e a do São Manoel.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css