Fórum RAC debate boa governança ambiental

Imprimir   |   Enviar por e-mail

Um relatório de 400 páginas sobre mudanças climáticas divulgado em outubro último, pelo Painel Intergovernamental, órgão das Nações Unidas para o tema, conclui ser possível minimizar uma catástrofe climática. Segundo cientistas, o aquecimento do planeta precisa ser limitado em 1,5°C, porque acima desse nível, ocorrerão consequências graves para a saúde e bem-estar dos seres humanos. Para atingir esse objetivo, as emissões humanas de dióxido de carbono terão de cair em torno de 45% até 2030. Esse e outros estudos e dados relacionados à sustentabilidade e ao meio ambiente motivaram à realização do Capítulo X do Fórum RAC – Caminhos da Retomada. Intitulado Água: Sustentabilidade + Governança Ambiental + Responsabilidade Social, que ocorre amanhã, entre 8h e 13h, no Royal Palm Hall, no Jardim Nova Califórnia, em Campinas.

Ao todo, serão realizadas cinco conferências, além de uma mesa-redonda que vai encerrar as atividades. Adriana Angélica Rosa Vahteric Isenburg, gerente de integração, controle e desenvolvimento tecnológico da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), empresa responsável pelo abastecimento de água, coleta, afastamento e tratamento dos esgotos domésticos no município de Campinas, abre o simpósio. Sua conferência terá como tema os recursos hídricos e planos para uma exploração consciente. Em seguida, Rodolfo Sirol, diretor de sustentabilidade da CPFL Energia, marca do Grupo CPFL que atende aproximadamente 10 milhões de clientes presentes em 679 municípios, consumindo mais de 66,7 TWh/ano, irá palestrar sobre as matrizes energéticas.

A importância e os principais assuntos relacionados nesse contexto a agropecuária serão trazidos por Marcelo Augusto Boechat Morandi, chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Já Luiz Fernando de Araújo Bueno, diretor de sustentabilidade do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) focará na determinante atuação da indústria e seus meios de produção. O último conferencista será Mário Antônio Zago, secretário de Saúde do Estado de São Paulo, que abordará a prevenção da saúde pública.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css