Governo pode relicitar aeroporto de Viracopos

Imprimir   |   Enviar por e-mail

O governo resolveu tirar da gaveta um “plano B” para a concessão do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Administrado pela concessionária Aeroportos Brasil Viracopos (ABV), controlada pelos grupos privados Triunfo Participações e Investimentos (TPI) e a construtora UTC (51%) e a estatal Infraero (49%), o aeroporto vive o risco da caducidade da concessão ou da falência da concessionária.

Até segunda-feira, o governo deve publicar uma chamada pública para a elaboração de estudos de uma nova licitação. Assim, caso a concessão seja cassada ou a concessionária não consiga aprovar seu plano de recuperação judicial, um novo processo de privatização seria iniciado.

As assembleias de credores devem ser concluídas até o fim de fevereiro. Sem um acordo, a Justiça pode declarar a falência da ABV. Já a análise da caducidade pela Anac está suspensa por ordem judicial, mas pode ser retomada a qualquer momento caso seja derrubada a liminar. O secretário de aviação civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, garantiu que, em caso de nova licitação, o vitorioso estará blindado da cobrança de passivos da gestão anterior.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css