Hortolândia retomará projeto da Guarda Comunitária

Imprimir   |   Enviar por e-mail

A Prefeitura de Hortolândia retomará o projeto da Guarda Comunitária nos bairros Jd. Terras de Santo Antonio, Jd. Adelaide e Jd. Santa Esmeralda. Para isso, a Administração fechará acordo de cooperação com a Polícia Militar.

Por meio da parceria, guardas municipais receberão curso de capacitação para poder atuar no projeto. O curso será ministrado pela Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos, divisão da PM. O projeto da Guarda Comunitária é uma das prioridades do prefeito Angelo Perugini na área de segurança pública. O objetivo é fazer com que a GM atue em contato constante com a comunidade.

Para conhecer o curso, representantes da GM visitaram a Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos, em São Paulo, na última quinta-feira (10). De acordo com o secretário de Segurança, Luís Leite de Camargo, o curso marcará a retomada do projeto da Guarda Comunitária. “Com esse curso, queremos aperfeiçoar a GM. Fazer com que nossos guardas estejam preparados para desempenhar o trabalho e fortalecer o vínculo da corporação com a comunidade”, salienta o secretário. A previsão é de que o curso seja iniciado em julho.

O comandante da GM, Lucivaldo Ferreira, explica que deverão participar do curso 10 guardas municipais. Inicialmente, o projeto será implantado nos bairros Jardim Terras de Santo Antonio, Jardim Adelaide e Jardim Santa Esmeralda. De acordo com o comandante, os três bairros apresentam altos índices de criminalidade e estão próximos a vias utilizadas como rotas de fuga por criminosos.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css