Hospital de campanha oferecerá mais 36 leitos

Imprimir   |   Enviar por e-mail

O Hospital de Campanha montado pela ONG Expedicionários da Saúde na sede dos Patrulheiros, no Parque Itália, em Campinas, deve começar a funcionar neste final de semana, segundo previsão feita ontem pelo presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta. Em audiência virtual realizada pela Câmara para discussão de medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus, Pimenta disse que o hospital terá 36 leitos de retaguarda, com a possibilidade de mais 18 num período de 15 dias, totalizando 54 leitos que serão somados à rede pública de atendimento. O hospital, porém, poderá ser ampliado até chegar a 114 leitos.
 
“Muita gente elogia a China por ter sido rápida na montagem das estruturas de enfrentamento à pandemia, mas precisamos lembrar que esse hospital foi construído em um tempo recorde de mais ou menos 20 dias”, comemorou.
 
O presidente da Rede lembra que o hospital de Campanha terá uma função de apoio e será destinado para atendimento de casos de menor complexidade. Segundo ele, a estrutura vai receber pacientes que estiveram internados nas unidades hospitalares, mas que já estão com o quadro estabilizado. A unidade será de atendimento referenciado, ou seja, os pacientes serão encaminhados por meio da Central de Regulação. Dessa forma, a unidade não será porta aberta — as demandas espontâneas não serão atendidas. A unidade servirá como retaguarda para os hospitais Mário Gatti e Ouro Verde, que integram a rede municipal.
 
O Hospital de Campanha terá a gestão da Rede Mário Gatti e será operado pelo Instituto Bom Jesus. O Instituto já iniciou o processo seletivo para a contratação de 109 profissionais da saúde e apoio para o atendimento à demanda de funcionamento do Hospital de Campanha de Campinas. As inscrições começaram no dia 11 de maio e encerram nesta segunda-feira.
 
Os cargos oferecidos são: farmacêutico, enfermeiro RT, recepcionista, auxiliar de farmácia e almoxarifado, psicólogo, assistente social, enfermeiro UTI, técnico de enfermagem UTI, fisioterapeuta UTI, nutricionista e fonoaudiólogo.


http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css