Mesas redondas discutem como regularizar a terra

Imprimir   |   Enviar por e-mail

Técnicos, pesquisadores do Brasil e do Exterior, juízes e delegados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) participam, ao longo desta semana, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) de um seminário internacional, que planeja atualizar informações e debater intervenções necessárias para conter conflitos e permitir a regularização da posse da terra. Também será dado destaque especial para as políticas mundiais de combate ao desmatamento.

O encontro é promovido pelo Grupo de Governança de Terras (GTT), criado em 2011 dentro da própria Unicamp, com o objetivo de pesquisar e analisar a questão fundiária do Brasil, com a publicação de livros, criação de cursos de pós-graduação e documentários sobre o tema.

Para os organizadores, a debilidade da governança de terras no Brasil passa, principalmente, pela falta de um cadastro integrado e pela insegurança jurídica; enquanto a regularização das terras está intimamente ligada à falta de registro para a garantia da propriedade. O evento, que já entra na sua quarta edição, traz para as mesas de debate a legislação federal que trata da regularização fundiária da Amazônia Legal. É um texto que busca regulamentar os procedimentos para o cadastro e o uso de terras abandonadas naquela área.

A abertura oficial do seminário acontece hoje, às 19h, e conta com a presença de especialistas do GGT do Instituto de Economia da Unicamp e da FAO, além de convidado internacionais. Hoje e amanhã acontecem durante todo o dia as mesas redondas sobre conflitos e técnicas de georreferenciamento fundiário, com a apresentação de equipamentos inovadores para a execução do trabalho no campo.

 

Saiba Mais

O IV Seminário Internacional da Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico: Regularização Simplificada acontece a partir das 19 de hoje no Instituto de Economia da Unicamp. As mesas redondas com convidados brasileiros e estrangeiros se estendem até quarta. Mais informações sobre o evento estão disponíveis no http://www.governancadeterras.com.br.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css