Número de passageiros internacionais em Viracopos é recorde

Imprimir   |   Enviar por e-mail

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, bateu o recorde de embarques e desembarques para destinos internacionais em 2018: 652 mil pessoas, segundo estimativas da Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos S.A, que administra o terminal. Os dados ainda não são oficiais, já que os números de dezembro não foram fechados – mas até novembro, estava em 602 mil. Desde o início da concessão do aeroporto, em 2012, o recorde de embarques e desembarques para destinos internacionais havia sido registrado em 2015, com 646 mil passageiros (em 2012, quando havia apenas um voo internacional para Lisboa, foram 78 mil passageiros).

Hoje, Viracopos possui ligações diretas para cinco destinos fora do Brasil: Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos; Paris, na França; Lisboa, em Portugual; e Punta Del Este, no Uruguai (somente em alta temporada). E nesta sexta-feira, a Azul Linhas Aéreas inagurra mais uma operação internacional pelo aeroporto campineiro, com voo diário para Buenos Aires. A aeronave A320neo, com capacidade para até 174 passageiros, decola às 9h.

No fim de dezembro, a Azul anunciou outras duas rotas internacionais que estrearão este ano. Além de Buenos Aires, a companhia também oferecerá outro voo para a Argentina, este para Bariloche, a partir de 15 de junho (disponibilizado somente durante a alta temporada de Inverno). Um pouco antes, no dia 3 de junho, a Azul começará a voar para Porto, em Portugal. Com esses novos mercados, o total de voos internacionais partindo de Viracopos chegará a oito no meio do ano. Incluindo os voos domésticos, serão 59 destinos com Campinas na rota.

Segundo o diretor-presidente de Viracopos, Gustavo Müssnich, “com os novos voos para Buenos Aires, Porto e Bariloche, a tendência é que o crescimento no fluxo de passageiros internacionais no terminal seja mais forte em 2019”. Os voos internacionais fizeram os embarques e desembarques crescer 23,69% entre janeiro e novembro do ano passado em relação ao mesmo período de 2017.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css