Diminuir o Tamanho da Letra Aumentar o Tamanho da Letra Dar Contraste / Retirar Contraste

Região Administrativa de Campinas: PIB regional cresce duas vezes mais que o do estado de São Paulo

O Estado de São Paulo, segundo divulgado pela Fundação Seade, apresentou um crescimento do PIB da ordem de 1,6%, confirmando o fim da recessão estadual econômica que perdurou por cerca de três anos.

Segundo dados da Fundação, o PIB da Região Administrativa de Campinas cresceu 3,1% em 2017 em relação ao ano anterior. Este resultado aponta para uma evolução quase duas vezes mais ao crescimento do PIB do Estado de São Pulo.

Segundo o jornal Correio Popular, em termos de produção de riquezas, a Região alcançou a marca de 371,8 bilhões. Equivalente à 17,8% do PIB paulista, fato que se deve, principalmente, ao setor industrial.

Entre as variáveis que influenciaram o setor industrial, podemos destacar as mudanças no setor de refino de petróleo, cuja indústria passou a ter novamente valor adicionado positivo desde 2015.

A Região Metropolitana de Campinas, segundo dados da Fundação Seade, apresentou em 2015 um PIB de R$17.300.235.866,00. O Observatório Metropolitano de Indicadores da RMC (OMI) da AGEMCAMP coletou informações sobre os PIB’s per capita dos municípios que integram a RMC. (Vide Gráfico)

PIB PER CAPITA MUNICIPAL 1

PIB PER CAPITA MUNICIPAL 2

Segundo a revista Exame, os municípios de Paulínia e Jaguariúna apresentaram os maiores PIB’s per capita dentre os municípios da RMC. Na classificação geral, Paulínia é a segunda (2ª) e Jaguariúna o décimo primeiro (11ª) no ranking dos maiores PIB’s per capita por municípios do Brasil.



(19/04/2018)

 
©OMI - Observatório Metropolitano - Todos os direitos reservados 2010