Prefeito Reinaldo Nogueira entrega medalhas para colaboradores da segurança

Imprimir   |   Enviar por e-mail

Cerimônia celebra 32 anos da Guarda Civil de Indaiatuba

Cerimônia celebra 32 anos da Guarda Civil de Indaiatuba

     O prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) esteve nesta segunda-feira, dia 21, entregando medalhas aos agraciados em comemoração aos 32 anos da Guarda Civil, que foram completados em outubro de 2015. O ato cívico acontece no Complexo Educacional Laura Falh Corrêa, no Parque das Nações. Durante o evento foram entregues 24 condecorações, sendo agraciados 15 guardas e nove colaboradores da segurança de Indaiatuba.

     Reinaldo agradeceu a colaboração dos 24 homenageados e lembrou do empenho de cada agraciado para que a segurança de Indaiatuba mantenha os menores índices de criminalidade da Região Metropolitana de Campinas. “Dou os parabéns a todos os homenageados. O deputado estadual Rogério Nogueira, que tem conseguido verbas e ações junto ao Governo do Estado para a nossa cidade como a retirada da Cadeia Pública, que tantos problemas traziam para Indaiatuba; a dona Ester Viana, que é uma pessoa batalhadora na Agemcamp e sempre ajuda a Segurança da nossa região com grandes conquistas; as polícias civil e militar aqui representadas nessa homenagem pelo investigador chefe Glauco Verdu e o capitão Jesus, que foram pessoas importantes na integração das forças policiais em Indaiatuba, pois afinal o bandido não olha a cor da farda e ao inspetor Zombine e tenente Baccin pelo profissionalismo”, informa. “Também destaco os Guardas Civis do ano de 2015 França e Bauer e os 16 funcionários municipais escolhidos para receber o Mérito da Dedicação”, relata. “Todos tem sua parcela de colaboração na Segurança de Indaiatuba”, completa.

     O secretário de Segurança Pública, Alexandre Guedes Pinto, também fez um breve relato da colaboração de todos os homenageados para a Segurança de Indaiatuba, entre eles um dos destaques é o inspetor chefe Mário Sérgio Zombine, que entrou na Guarda Civil com 23 anos de idade. “O inspetor Zombine é um exemplo de pessoa e de profissional e hoje recebe mais uma medalha em sua carreira desta vez de mérito da cidadania, que é a mais alta honraria da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Muitos dos aspirantes que estão em nossa academia não eram nem nascidos quando o inspetor Zombine já defendia a nossa cidade da criminalidade e sempre com uma conduta ética e profissional”, recorda. Atualmente Zombine é comandante e diretor da Guarda Civil de Indaiatuba.

     Participaram do ato cívico os vereadores Luiz Alberto Pereira (PMDB), Hélio Alves Ribeiro (PSB), Antonio Sposito Júnior ( PTB) e Djalma Cesar de Oliveira (PMDB); os secretários municipais de Engenharia Sandro Lopes Coral, Educação Rita de Cassia de Trasferetti e de Comunicação, Odair Gonçalves de Oliveira; o superintendente do Saae, Nilson Gaspar; o delegado seccional Roberto José Daher, os delegados de Indaiatuba Marcelo Eduardo Bueno da Silveira e Luiz Fernando Dias de Oliveira; o investigador-chefe da 2ª Seccional de Campinas, Carlos Roberto Doimo; o comandante da 4ª Companhia do 47 BPMI, Alexandre Valério de Freitas, além do secretário adjunto de Segurança Pública, Sandro Bezerra Lima e o diretor de Gestão Estratégica, Mario Vagner Luz.

Prefeito Reinaldo Nogueira entrega medalha ao inspetor Zombine

Prefeito Reinaldo Nogueira entrega medalha ao inspetor Zombine

          Confira as honrarias e os agraciados:

     Mérito de Cidadania – destinada a premiar os integrantes da carreira da Guarda Civil, bem como os cidadãos que, por dedicação e abnegação tenham prestado relevantes serviços à corporação, bem como tenham demonstrado de forma especial e destacada, compromisso com a comunidade indaiatubana nas questões de cidadania e bem-estar da população. Com ela serão homenageados cinco parceiros da corporação: o deputado estadual, Rogério Nogueira; o capitão PM, Jesus André Alves; a diretora executiva da Agemcamp, Ester Vianna; o investigador chefe da Polícia Civil de Indaiatuba, Glauco Verdu; o tenente do Corpo de Bombeiros, Luiz Fernando Baccin e o comandante e diretor da Guarda Civil, Mario Sérgio Zombine.

     Mérito da Guarda – destinada a premiar os integrantes de carreira da Guarda Civil, que se destacarem como o melhor Guarda Civil de 2015, que foram escolhidos por uma comissão avaliadora, mediante os critérios estabelecidos na Lei Municipal 6.192/2013. Receberão as medalhas de 2015: classe distinta Bauer Marques Dias e o 3ª classe Adeildo Ribeiro de França.

     Mérito da Dedicação – tem a finalidade de homenagear os integrantes da Guarda Civil de Indaiatuba e funcionários públicos municipais, estaduais e federais que por seus méritos se sobressaiam no cumprimento do dever, digno de reconhecimento da administração pública por atos meritórios advindos de relevantes serviços prestados, contribuindo para a Segurança Pública de Indaiatuba. Receberão a honraria: a chefe da Divisão de Ensino e Treinamento, inspetora Marilsa Aparecida de Souza; o supervisor de Policiamento, subinspetor Edilson José Gomes da Silva; o 1ª classe, Josenaldo Seiconde Sena; os 2ª classe, Ronaldo Juventino da Silva; Valdeir de Almeida Orlandi; Alexandro Miranda Lucas; os 3ª classe, Marcelo Matias Araújo; Wagner José Gossler; Marcos Vandré Tezoto; João Domingues dos Reis; Bernardino da Silva Paulo e Afonso Lucas Trindade Fernandes; o assessor da Secretaria de Comunicação, Gilmar Aparecido Nunes; o diretor da Secretaria de Governo, Lincoln Sales Franco; os coordenadores administrativos do COI e Tiago Alessandro de Brito.

     O INÍCIO

     A Guarda Civil foi criada pela Lei Municipal nº 1.999 de 31 de outubro de 1983, com a finalidade de colaborar com a Polícia do Estado no serviço de segurança do Município, seja ela de ordem pessoal ou patrimonial, exercendo vigilância diuturna nas vias e logradouros públicos, além de socorrer a população nos casos de necessidade. Em 1984, 200 pessoas se candidataram para concorrer aos primeiros cargos da GM. Após provas escritas, exames médicos e testes de aptidão física, 44 foram selecionados.

     A primeira turma iniciou o Curso de Formação em 1º de fevereiro daquele ano. Foram 500 horas de aulas e 90 dias de aulas ministradas por um corpo docente formado por magistrados, oficiais da Polícia Militar e especialistas em Direito Penal, Prática Policial, Instrução Policial, Ordem Unida, Relações Públicas, Armamento e Tiro, Socorros de Urgência, Língua Portuguesa, Defesa Pessoal, Educação Física e Natação. Atualmente a Guarda Civil é composta por 280 guardas e 55 viaturas.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css