PUC-Campinas e PF assinam acordo de cooperação técnica

Imprimir   |   Enviar por e-mail

O reitor da PUC-Campinas, Germano Rigacci Júnior, e o Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas, o Delegado Federal Paulo Víbrio Junior, assinaram, nesta sexta-feira (8), um acordo de cooperação técnica com a Polícia Federal (PF), em Campinas. Até então, a PF só possuía acordos desse modelo com instituições públicas de ensino superior. O objetivo é desenvolver projetos e ações de interesse comum, voltados para a pesquisa, inovação, treinamento de recursos humanos, ensino e extensão, desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias e informações.

“A PUC-Campinas tem como missão produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento. A expansão dos espaços da Universidade, como permite esse acordo, trará benefícios a nossos alunos por meio de estágios na Polícia Federal. Além disso, o compartilhamento de laboratórios trará muitos reflexos positivos para as áreas de pesquisa e inovação na Universidade”, disse Germano Rigacci Júnior.

Com o documento, a Universidade poderá, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, trocar conhecimento e aprimorar as atividades da Polícia Federal na área técnico-científica. A Delegacia da Polícia Federal em Campinas é a quinta maior do Brasil. “Isso dá a dimensão desse acordo. É um avanço muito importante para a área científica da Polícia Federal”, ressaltou Paulo Víbrio Junior, Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas.



http://www.agemcamp.sp.gov.br/wp-content/plugins/wp-accessibility/toolbar/css/a11y-contrast.css